Cidade 16 de Jun de 2017 • 17:00

Jornalista é agredida por "fiscal de banheiro" durante reportagem em mercado de Salvador

Jornalista é agredida por 'fiscal de banheiro' durante reportagem em mercado de Salvador

Foto: Reprodução/ Facebook

Uma matéria de comportamento acabou se tornando caso de polícia. Isso porque a jornalista Ticiane Bicelli, da Tv Aratu, foi agredida enquanto realizava uma reportagem no Mercado do Peixe da Feira de São Joaquim, em Salvador, na manhã desta sexta-feira (16). Além dela, o cinegrafista que a acompanhava, Liberato Santana, também ficou arranhado, e câmera e microfone da equipe foram danificados. Os dois prestaram queixa na Central de Flagrantes Polícia Civil da Bahia, na região do Iguatemi. A jornalista também fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

Segundo relatos da repórter ao Metro1, a matéria queria abordar a cobrança na diferença de preço no uso dos banheiros do mercado -- R$ 0,50 para o "número 1" e R$ 1 para o "número 2". No entanto, a pessoa responsável por gerenciar essa arrecadação, que não quis gravar a matéria e, por isso, não estava sendo gravada, não gostou da presença da equipe no local e partiu para violência verbal e, posteriormente, para as agressões físicas. "Ela disse que ia meter a mão na minha cara se precisasse e aí bateu suave no meu rosto", explicou Ticiane, que, ao esquivar, acabou recebendo puxões de cabelo, arranhões e até mordida.

De acordo com a jornalista, o cinegrafista que a acompanhava tentou apartar a situação, recebendo alguns arranhões. Ele acabou conseguindo gravar as agressões. Ainda segundo o relato, não é a primeira vez que episódio de agressão ocorre no mercado por essa mulher, que é mãe da dona de um box da feira.

Após a situação, jornalista, repórter, agressora e a filha dela foram conduzidas pela polícia à 3ª  Delegacia do Bonfim, que estava sem delegado por causa de ponto facultativo do feriado. Em seguida, foram até a Central de Polícias. Ticiane ainda fez exame de corpo de delito e se encaminhou, no fim da tarde desta sexta-feira (16), para um hospital por causa das fortes dores no corpo e na cabeça.

Ouça o relato da repórter:

- Parte 1

  

- Parte 2


-Parte 3

 



publicidade:


Notícias : Cidade