Brasil 19 de Mai de 2017 • 15:12

JBS pagou R$ 400 milhões em propinas "nos últimos anos", diz delator

JBS pagou R$ 400 milhões em propinas 'nos últimos anos', diz delator

Foto: Divulgação

Em sua delação, o empresário Joesley Batista, da JBS, disse à Procuradoria-Geral da República (PGR) que seu grupo empresarial pagou “nos últimos anos” o valor de R$ 400 milhões em propina a políticos e servidores públicos. De acordo com ele, a lista de beneficiados inclui senadores, deputados e presidentes da República.

Ainda segundo o delator, o levantamento do total foi feito a partir de uma investigação interna em seu grupo empresarial, que ele próprio determinou, prevendo que seria chamado para dar explicações ao Ministério Público Federal (MPF).

A JBS é alvo de pelo menos cinco operações policiais que avaliam fraudes contra a administração pública, lavagem de dinheiro e corrupção.



publicidade:


Notícias : Brasil