Bahia 20 de Mar de 2017 • 11:01

Pombal: vereador propõe reduzir salário do prefeito, que ganha R$ 24 mil

Pombal: vereador propõe reduzir salário do prefeito, que ganha R$ 24 mil

Foto: Divulgação

Um projeto de indicação que solicita a redução dos salários do prefeito, vice-prefeito e vereadores da cidade de Ribeira do Pombal foi protocolado na quinta-feira (16) pelo vereador Pedro Mel. A Indicação será analisada pela Mesa Diretora da Câmara Municipal, responsável pela apresentação do projeto de lei que fixa os subsídios dos agentes políticos, segundo o artigo 14 do Regimento Interno da Casa Legislativa.

De acordo com o site Pombal Alerta,  projeto do vereador propõe que  a remuneração do prefeito, vice, vereadores e secretários municipais sejam respectivamente de R$ 6 mil, R$ 3 mil, R$ 2.298,80 e R$ 2 mil. Ele justifica afirmando que visa valores mais justos. Se reajustados, os valores representarão uma economia anual de quase R$ 2,6 milhões, quase a metade do orçamento mensal de Ribeira do Pombal. 

Pedro Mel justificou ainda que além do abismo salarial entre os agentes políticos e a maioria dos servidores públicos municipais, o prefeito, vice, secretários e vereadores atuam numa cidade que, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), possui 81,5% dos domicílios com rendimento per capita de até 1 salário mínimo.

Segundo o site Gazeta do Mell, ganhando R$ 24 mil,  o salário do prefeito de Ribeira do Pombal, Ricardo Maia (PSD), é o quarto maior entre os prefeitos, ficando atrás apenas dos gestores de Curitiba (R$ 26.723,13), São Luís (R$ 25.000,00) e São Paulo (R$ 24.117,62). O ordenado do prefeito pombalense supera também o do governador do estado, Rui Costa, que recebe mensalmente a quantia de R$ 22.900,00.



publicidade:


Notícias : Bahia